Apologética

26 de dezembro de 2011

Reflexões sobre Christopher Hitchens

Mais artigos de »
Escrito por: Douglas Wilson
reflexoes-chris-hitchens

As Escrituras dizem que é melhor descer à casa do luto do que à casa do riso (Eclesiastes 7.2). A razão dada nessa passagem é que isso permite que os vivos “apliquem isso ao coração”. A morte de Christopher Hitchens [1] deve, em primeiro lugar, nos lembrar da nosssa própria mortalidade. Nós devemos aplicar isso ao coração. Como Donne [2] tão memoravelmente disse: “pergunte, mas não a alguém por quem os sinos dobrem”. Todo funeral é o nosso próprio funeral. Essas questões devem afetar a cada um de nós.

Aqueles que defendem o Evangelho de Jesus Cristo, devem sempre lembrar que as boas novas de Cristo são colocadas em contraste com as más noticias — todos somos pecadores, e todos nós precisamos de purificação e perdão. Christopher Hitchens não precisava vir a Cristo para ter seus argumentos refutados (embora isso fosse acontecer). Ele precisava vir a Cristo para ter os seus pecados perdoados.

Aqui temos um pequeno video* onde eu previno os cristãos contra dois erros — e ambos sãos erros de especulação. A possibilidade de conversãos de última hora nunca devem se tornar em reais conversões de última hora. Ninguém vai para o Paraíso porque os outros querem. Muitos incrédulos têm sido colocados no Paraíso durante funerais, mas não devemos dar lugar à falsa ternura desse impulso. Ao mesmo tempo, a probabilidade de que Christopher nunca aceitou a Cristo não deve se tornar em uma declaração dogmática, linha dura, seguida por “um suspiro de alívio”. E ninguém vai para o inferno porque os outros querem. Não devemos receber a notícia da morte de Christopher da mesma maneira que ele recebeu a morte de Jerry Falwell, [3] por exemplo.

A má notícia é que nós todos estamos debaixo de julgamento. A boa noticia é que aquele que tem fé em Jesus pode ser perdoado. Nós devemos anunciar abertamente esses termos para o mundo inteiro — mas anunciar os termos do julgamento (que as Escrituras nos manda fazer) não é a mesma coisa que brincar de ser Juiz. Deixemos a alma de Christopher Hitchens (e ele tinha uma alma, apesar de todos seus argumentos) na mãos de Deus, que fará nada mais que o certo.

Naturalmente, tudo isso é consistente com o carinho que eu tinha por Christopher. Nossas orações e condolências estão com sua família e amigos.

[1] – Christopher Hitchens (1949-2011), jornalista, escritor e critico literário britânico, radicado nos Estados Unidos. Ateísta, Hitchens escreveu o livro “Deus não é grande.

[2] – John Donne (1572 – 1631), poeta inglês .

[3] – Jerry Falwell (1933-2007), pastor americano. Hitchens, zomba, em um artigo, do fato de Falwell ter morrido, e não ter sido “arrebatado para fora da biosfera” (palavras suas).

*Vídeo de Doug Wilson (http://www.canonwired.com/featured/dw-hitchens/)

 

Tradução: Rafael Serqueira



Sobre o Autor

Douglas Wilson
Douglas Wilson





 
 

 
marca_dagua_banners_la

Beleza imperecível

Há algum tempo um leitor deste site perguntou se eu poderia responder a uma preocupação de sua vida. Ele estava cortejando uma moça e começando a pensar em casamento, mas de repente descobriu que não se sentia mais atra...
por Tim Challies
 

 
 
marca_dagua_banners_ch

Aos pais pedobatistas

O batismo infantil inflige o temor de Deus em mim. Ele realmente estabelece — de uma forma pública e visível — um relacionamento pactual. Um relacionamento de amor, envolvendo promessas e responsabilidades, bênçãos e m...
por Mark Jones
 

 
 
marca_dagua_banners_a

A religião mais restritiva no mundo

A religião cristã é ao mesmo tempo a mais abrangente e a mais restritiva no mundo. É uma fé que admite todo tipo possível de pessoa. Mas as admite em apenas um caminho. Há somente um Deus. Somente um. Se houvessem dois d...
por Tim Challies
 

 

 
marca_dagua_banners_la

Ainda não é o fim!

Não poucos cristãos ficam alarmados diante das tragédias dos nossos dias. Quer estejamos falando de catástrofes naturais, como o tsunami, ou de decadência moral, como a legalização do “casamento” homossexual, tais ac...
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Um apelo aos presbíteros

Fui lembrado pelos eventos de ontem[1] o quanto dependo dos meus presbíteros. A tarefa do presbítero é pastorear o pastor. Se eles não fizerem isso, ninguém mais o fará. Isso significa que haverá tempos quando o presbít...
por Carl Trueman
 

 
 
logo-r1

O pequeno segredo sujo dos endossos

Umas duas semanas atrás Carl Trueman postou uma resenha de um novo livro do G. R. Evans. Trueman tinha lido The Roots of the Reformation: Tradition, Emergence and Rupture na esperança de que poderia usá-lo como texto para su...
por Tim Challies
 

 




0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>