Outras Categorias

5 de janeiro de 2012
 

Guia Bibliográfico para Exegese do Novo Testamento

Mais artigos de »
Escrito por: Isaías Lobão
guia-bibliografico-nt-il

E

ste pequeno guia tem como objetivo apresentar ao estudante orientação bibliográfica para o estudo exegético do Novo Testamento. Pela prática, o teólogo brasileiro necessita adquirir seus livros. No exterior é diferente. É comum o uso extensivo da biblioteca das instituições de ensino que disponibilizam todos os títulos que ele precisa para o bom estudo.

Eu dei prioridade para os títulos publicados em português. Os estudantes que dominam outras línguas podem encontrar guias semelhantes a este, com as devidas referências.

A disposição dos títulos deste guia segue a estrutura de uma importante obra norte-americana,[1] de autoria do Dr. David M. Scholer, publicado pela primeira vez em 1970, na época, professor do departamento de Novo Testamento do Seminário Teológico Gordon-Conwell.

Dei preferência a títulos de orientação evangélica conservadora, que defendem a metodologia exegética histórico-gramatical. No entanto, tive que me reportar a títulos que seguem a metodologia histórico-crítica. O estudante deve tomar cuidado com algumas conclusões destes títulos, que geralmente enfraquecem a autoridade do texto bíblico.

A primeira edição desse guia foi publicada em 2004. Agora, com a passagem dos anos, senti a necessidade de atualizar as informações, porque outras obras importantes foram editadas em português.

Esse guia iniciou-se como subsídio das aulas de Exegese Bíblica ministradas na Faculdade Teológica das Assembleias de Deus (FATAD) em Brasília. Agradeço ao pastor Jales Divino Barbosa, reitor da FATAD, pela oportunidade que concedeu de ministrar um curso tão importante para a formação teológica dos estudantes de teologia. Sem essa oportunidade, este guia não existiria.

Depois que meu amigo Felipe Sabino publicou o guia no portal Monergismo seu uso foi ampliado. Sei de outros professores de teologia que se serviram das informações contidas nesse guia, o que muito me honra.

Destaco aqui o professor João Alves do Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper. Ele me disse que utiliza o guia em suas aulas na especialização em teologia. Isso me deixa lisonjeado.

Espero que a presente obra reflita em desenvolvimento acadêmico e espiritual.

Textos do Novo Testamento

ALAND, Kurt e Barbara. KARAVIDOUPUOLOS, Johannes. MARTINI, Carlo M. and METZGER, Bruce M. (eds.) in cooperation with the Institute for New Testament Textual Research, Münster/Westphalia. The greek new testament, fourth revised edition. Stuttgart: United Bible Society. 1993. Availabe bound together with NEWMAN Jr, Barclay M., A concise greek-english dictionary of the new testament. London: United Bible Societies, 1971. Existe uma versão que traz uma introdução e um dicionário em espanhol, preparado por Elza Tamez e Irene Foulkes.

SCHOLZ, Vilson (Org). Novo testamento em grego. Introdução em português e dicionário grego-português. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2008.

FRIBERG, Barbara & FRIBERG, Timothy. O Novo Testamento Grego Analítico. Introdução e Apêndice traduzidos do inglês por Adiel Almeida de Oliveira. São Paulo: Vida Nova, 1987.

NESTLE, E. & ALAND, K.(eds) Novum Testamentum Graece (27th ed.) Stuttgart: Deutsche Bibelgesellschaft, 1993.

SAYÃO, Luiz (org.) Novo Testamento Trilíngue. São Paulo: Vida Nova, 1998.

SCHOLZ, Vilson & BRATCHER, Robert. (org). Novo Testamento Interlinear Grego – Português. Incluindo o texto da tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada no Brasil, segunda edição e da Nova Tradução na Linguagem de Hoje. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2004.

Princípios de Crítica Textual

BITTENCOURT, Benedito de Paula. O Novo Testamento: Metodologia de Pesquisa Textual. 3a ed. Revista Atualizada e Ampliada. Rio de Janeiro: JUERP, 1993.

METZGER, Bruce M. A Textual Commentary on the Greek New Testament. A Companion Volume to the United Bible Societies’ Greek New Testament (Fourth Revised Edition) Second Edition. Stuttgart: Deutsche Bibelgesellschaft & United Bible Societies, 1994.

PAROSCHI, Wilson. Crítica Textual do Novo Testamento. 2a edição corrigida. São Paulo: Vida Nova, 1999.

Concordâncias do Novo Testamento

Denham, James Richard.(org) Concordância Fiel do Novo Testamento Grego. (2 vol) Vol 1, Grego-Português; Vol 2, Português-Grego. Adaptada dos originais em inglês: The New Englishman´s Greek Concordance e The Word Study Concordance. São José dos Campos: Fiel, 1995 e 1998.

Concordância Bíblica, Barueri: SBB, 1973. (Baseada na Tradução de Almeida Revista e Atualizada)

Obras de Referência

BOICE, James Montgomery. (Editor) O alicerce da autoridade bíblica. Trad. Gordon Chown. 2ª. Edição. São Paulo: Vida Nova, 1989.

BRUCE.F.F. O Cânon das Escrituras. Trad. Carlos Oswaldo Cardoso Pinto. São Paulo: Hagnos, 2011.

COMFORT, Philip Wesley. (ed). A Origem da Bíblia. Trad. Luís Aron de Macedo. Rio de Janeiro: CPAD, 1998.

DOCKERY, David S. (ed). Manual Bíblico Vida Nova. Trad. Lucy Yamakami, Hans Udo Fuchs, Robinson Malkomes. São Paulo: Vida Nova, 2001.

DOUGLAS, J.D. (org) O Novo Dicionário da Bíblia. Trad. João Marques Bentes. 2a ed. São Paulo: Vida Nova, 1995,1680p.

Auxílios Léxicos do Novo Testamento Grego

GINGRICH, F. Wilbur & DANKER, Frederick W. Léxico do Novo Testamento Grego/Português. Trad. Júlio Paulo Tavares Zabatiero. São Paulo: Vida Nova, 1984. Reimpresso, 2003.

CARDOSO PINTO, Carlos Osvaldo & METZGER, Bruce M. Estudos do Vocabulário do Novo Testamento. 2a divisão traduzida do inglês por Fabiani S. Medeiros. São Paulo: Vida Nova, 1996. obs: Esta obra foi incorporada a outra semelhante sobre o Antigo Testamento e agora é editada como Pequeno Dicionário de Línguas Bíblicas.

HAUBECK, Wilfrid & SIEBENTHAL, Heirinch Von. Nova Chave Linguística do Novo Testamento Grego: Mateus – Apocalipse. São Paulo: Hagnos, 2009.

MOULTON, Harold K. Léxico grego analítico. São Paulo: Cultura Cristã, 2008.

RIENECKER, Fritz & ROGERS, Cleon. Chave Linguítica do Novo Testamento Grego. Trad. Gordon Chown e Júlio Paulo Tavares Zabatiero. São Paulo: Vida Nova, 1985. Reimpresso em 1996.

Estrutura Literária do Novo Testamento

BERGER, Klaus. As Formas Literárias do Novo Testamento. Trad. Fredericus Antonius Stein. São Paulo: Loyola, 1998.

CARDOSO PINTO, Carlos Osvaldo. Fundamentos para Exegese do Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2002.

Estudos de Palavras e Termos Teológicos Importantes

BARCLAY, William. As obras da carne e o fruto do Espírito. São Paulo, Vida Nova, 1985. reimpressão, 2003.

BARCLAY, William. Palavras Chaves do Novo Testamento. São Paulo, Vida Nova, 1985. reimpressão, 2003.

BROWN, Colin & COENEN Lothar. (orgs.); trad. Gordon Chown. 2a ed. Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento. (2 vol) São Paulo: Vida Nova, 2000.

PACKER, James I. Os Vocábulos de Deus. São José dos Campos: Fiel, 1995.

VINE, W.E., UNGER Merril F., WHITE Jr, Willian. Dicionário Vine: O Significado Exegético das Palavras do Antigo e do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2002.

Gramáticas do Novo Testamento Grego

DOBSON, John H. Trad. Lucian Benigno. Aprenda o Grego do Novo Testamento. 4a edição. Rio de Janeiro: CPAD, 1997.

FEITOSA, Darlyson. Elementos de Grego. Brasília: Edição do Autor, 1993.

GREENLEE, J. Harold. Gramática Exegética Abreviada do Grego Neotestamentário. Rio de Janeiro: JUERP, 1973.

LUZ, Waldyr Carvalho. Manual da Língua Grega. (3 vol) São Paulo: Cultura Cristã, 1992.

MACHEN, John Gresham. O Novo Testamento Grego para Iniciantes. Trad. Antônio Victorino. São Paulo: Hagnos, 2004.

MOUNCE, William D. Fundamentos do grego bíblico: livro de gramática. Trad. Gordon Chown. São Paulo: Vida, 2009.

_____________ Fundamentos do grego bíblico: livro de exercícios. Trad. Gordon Chown. São Paulo: Vida, 2009.

REGA, Lourenço Stelio & BERGMANN, Johannes. Noções do Grego Bíblico: Gramática Fundamental. São Paulo: Vida Nova, 2004.

SCHALKWIJK, Frans Leonard. Coinê: Pequena Gramática do Grego Neotestamentário. Patrocínio: CIEBEL, 1975.

TAYLOR, William Carey. Introdução ao Estudo do Novo Testamento Grego. São Paulo: Batista Regular, 2001.

LASOR, William Sanford. Gramática Sintática do Grego do Novo Testamento. Trad. Rubens Paes, 2a. Edição, 1998. São Paulo:Vida Nova, reimpressão 2002.

WALLACE, Daniel Baird. Gramática grega: uma sintaxe exegética do novo testamento. Trad. Roque Nascimento Albuquerque. São Paulo: Batista Regular, 2009.

Hermenêutica do Novo Testamento

ANGLADA, Paulo Roberto Batista. Introdução à hermenêutica reformada: correntes históricas, pressuposições, princípios e métodos linguísticos. Ananindeua: Knox Publicações, 2006.

BEEKMAN, John & CALLOW, John. A arte de interpretar e comunicar a palavra escrita: técnicas de tradução da Bíblia. São Paulo: Vida Nova, 1992.

BENTHO, Esdras Costa. Hermenêutica fácil e descomplicada. Rio de Janeiro: CPAD, 2002.

BERKHOF, Louis. Princípios de interpretação bíblica. Trad. Denise Meister, 2ª. Edição, São Paulo: Cultura Cristã, 2002.

BOST, Bryan Jay & PESTANA, Álvaro César. Do texto à paráfrase: como estudar a Bíblia. São Paulo: Vida Cristã, 1992.

BRUGGEN, Jakob Van. Para ler a Bíblia. São Paulo: Cultura Cristã, 2001.

CARSON, Donald A. A Exegese e suas falácias: perigos de interpretação bíblica. Trad. Valéria Fontana. São Paulo: Vida Nova, 1999.

DEL PINO, Carlos (org). Interpretação e pregação: seja um bom expositor da palavra de Deus. Goiânia: Logos, 2005.

DYCK, Elmer (org.) Ouvindo a Deus: Uma abordagem Multidisciplinar da Leitura Bíblica. Trad. Gordon Chown. São Paulo: Shedd, 2001.

LOPES, Augustus Nicodemos. A Bíblia e seus Intérpretes. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.

FEE, Gordon D. & STUART, Douglas. Entendes o que lês? Um guia para entender a Bíblia com o auxilio da Exegese e da Hermenêutica, Apêndice de MÜLLER, Ênio Ronald. O Método Histórico-Crítico – Uma Avaliação. São Paulo: Vida Nova, 1998.

_____________ Manual de exegese bíblica: antigo e novo testamento. Trad. Estevan Kirschner e Daniel de Oliveira. São Paulo: Vida Nova, 2008.

SILVA, Moisés & KAISER, Walter. Introdução à Hermenêutica Bíblica. São Paulo: Cultura Cristã, 2002.

VINKLER, Henry A. Hermenêutica Avançada. Princípios e Processos de Interpretação Bíblica. Trad. Luiz Aparecido Caruso. 8a. impressão Editora Vida. São Paulo, SP.1998.

WEGNER, Uwe. Exegese do novo testamento: manual de metodologia. São Leopoldo & São Paulo: Sinodal & Paulus, 1998.

Novo Testamento: Introdução e Teologia

BLACK, David Alan. Por que 4 evangelhos?: Razões históricas e científicas da escolha de Mateus, Marcos, Lucas e João. Trad. Lena Aranha. São Paulo: Vida, 2004.

BRUCE, Frederick Fye. Merece confiança o novo testamento? São Paulo: Vida Nova, reimpressão, 2004.

BRUCE, Frederick. Fye. Paulo, O Apóstolo da Graça – Sua Vida, Cartas e Teologia. Trad. Hans Udo Fuchs. São Paulo Shedd, 2003.

GUTHRIE, Donald. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Cultura Cristã, 2011.

LADD, George Eldon. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2003.

HÖRSTER, Gerhard. Introdução e Síntese do Novo Testamento. Curitiba: Esperança, 1996.

MORRIS, Leon. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2003.

RIDDERBOS, Herman. A teologia do apóstolo Paulo. Trad. Suzana Klassen. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.

TENNEY, Merrill C. Novo Testamento: Sua origem e análise. São Paulo: Shedd Publicações, 2010.

Panorama do Mundo do Novo Testamento

BAILEY, Kenneth E. As Parábolas de Lucas. A Poesia e o Camponês: Uma Análise lieterária-cultural. Trad. Adiel Almeida de Oliveira. 3a Ed. São Paulo: Vida Nova, 1995.

COOK, Randall. Jerusalém nos Dias de Jesus. São Paulo: Vida Nova.

COLEMAN, William. Manual dos Tempos e Costumes Bíblicos. Venda Nova: Betânia, 1998.

CULLMANN, Oscar. Cristo e o Tempo: Tempo e História no Cristianismo Primitivo. Trad. Daniel Costa. São Paulo: Custom, 2003.

CURRID, John D. Arqueologia nas Terras Bíblicas. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.

DANA, H.E. Mundo do Novo Testamento. 4ª Ed. Rio de Janeiro: JUERP, 1990.

DANIEL-ROPS, Henry. A Vida Diária nos Tempos de Jesus. São Paulo: Vida Nova, 1983.

DOWLEY, Tim. Atlas vida nova da Bíblia e da história do cristianismo. São Paulo: Vida Nova, 1998.

GOWER, Ralph. Usos e costumes dos tempos bíblicos. Trad. Neyd Siqueira. Rio de Janeiro: CPAD, 2002.

GUNDRY, Robert H. Panorama do Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2002.

KEENER, Craig S. Comentário Bíblico Atos: Novo Testamento. São Paulo: Atos, 2004.

MILLARD, Alan. Descobertas dos Tempos Bíblicos. São Paulo: Vida, 1999.

SKARSAUNE, Oskar. À Sombra do Templo: As Influências do Judaísmo no Cristianismo Primitivo. Trad. Antivan Guimarães Mendes. São Paulo: Vida, 2004.

ORRÚ, Gervásio F. Os Manuscritos de Qumran e o Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 1993.

PACKER, James I. & TENNEY, Merril C. & WHITE Jr, Willian. Vida Cotidiana nos Tempos Bíblicos. São Paulo: Editora Vida, 1984.

PACKER, James I. & TENNEY, Merril C. & WHITE Jr, Willian. O Mundo do Novo Testamento. São Paulo: Editora Vida, 1988.

NOTAS:

[1] – SCHOLER, David M. A Basic Bibliographic Guide for New Testament Exegesis. Second Edition. William B. Eerdmans Publishing Company. Grand Rapids, 1973.



Sobre o Autor

Isaías Lobão
O Prof. Isaías Lobão Pereira Júnior possui graduação e licenciatura em História pela Universidade de Brasília(2003). Especialização Latu Sensu em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Albert Einstein (FALBE). Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Cristã Evangélica (2001) (curso livre), graduação em Teologia pela Faculdade de Ciências, Educação e Teologia do Norte do Brasil (2007). É membro e professor de EBD na Igreja Presbiteriana do Cruzeiro (Brasília).



 
 

 
marca_dagua_banners_ch

Regeneração ou Novo Nascimento

Uma excelente exposição da doutrina cardinal do novo nascimento.    
por Arthur W. Pink
 

 
 
C_S_Lewis

C. S. Lewis para Iniciantes

Senhores, Indico com entusiasmo o Curso de Extensão a Distância, ministrado pela Profª Dra. Gabriele Greggersen (http://lattes.cnpq.br/0260060318651073). Esse curso interessa a todos aqueles que não conhecem ou conhecem po...
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners

Carl F. H. Henry

Carl Ferdinand Howard Henry nasceu em 22 de janeiro de 1913, na cidade de Nova York, filho de pais imigrantes da Alemanha. Ele faleceu em 7 de dezembro de 2003, em Watertown, Wisconsin, com Helga, sua amada esposa de 63 anos, a...
por Timothy George
 

 

 
marca_dagua_banners_ch

A Lei e os Santos

  Um excelente antídoto contra o antinomismo..    
por Arthur W. Pink
 

 
 
marca_dagua_banners_a

Univocidade: Trueman, Clark e Henry

Carl Trueman é definitivamente um dos melhores teólogos presbiterianos dos nossos dias. Contudo, o exemplo abaixo mostra como mesmo os grandes erram, e erram feio: notion of univocity (that, for example, the word ‘good&...
por Felipe Sabino
 

 
 
marca_dagua_banners2

Fé para Operar Milagres

Durante o último século, dois erros cardeais foram cometidos a respeito de muita coisa contida nos Evangelhos – erros que têm prevalecido muito entre cristãos professos e que têm produzido grande destruição. Cada um de...
por Arthur W. Pink